A cada entrevista do pessoal da Adial, mais se consolida a ideia de que a mamata dos incentivos fiscais tem de acabar

O G24H está convencido: a cada entrevista do pessoal da Adial, mais se consolida a ideia de que a mamata dos incentivos fiscais tem de acabar. Hoje, foi a vez do diretor-executivo, Edwal Portilho, o Chequinho falar, já que Otavinho Lage, presidente da entidade, correu da raia e prefere bajular Caiado a travar o debate a respeito dos  benefícios. Quem lê o que ele fala, não fica com a menor dúvida: chega!