Deputado do chapéu tenta negar o passado, mas ele defendeu e foi o mais marconista dos prefeitos goianos

A história não pode ser apagada, disse certa vez dom Evaristo Arns ao comentar os crimes cometidos pela regime militar no Brasil.

A citação do cardeal Arns vem a propósito do ataques que o deputado Amauri Ribeiro (PRP), o tosco homem do chapéu, tem feito com frequência ao ex-governador Marconi Perillo na tribuna  Assembleia Legislativa.

Como gestor de Piracanjuba, Amauri Ribeiro foi o mais marconista de todos os prefeitos goianos.

Suas declarações à imprensa, quando dizia que estava com o ex-governador porque não queria que o estado travasse com outro governo, e as fotos da época não deixam a menor dúvida: o homem do chapéu era Deus no céu e Marconi na terra.

Se hoje Amauri Ribeiro se declara Caiado de quatro costados, como certeza ele não terá prurido algum em pular de galho no fim do governo do democrata e se jogar nos braços do primeiro poderoso de plantão que aparecer.

A história não pode ser apagada para a infelicidade do rústico deputado Amauri Ribeiro.

https://goias24horas.com.br/21599-prefeito-do-prp-de-braga-diz-que-nao-ha-quem-derrote-marconi-nas-urnas-ele-esta-fazendo-o-que-o-povo-quer-obra/amp/