Grupo Jaime Câmara: o elefante da Serrinha desce do pedestal, passa recibo e ameaça as formiguinhas do mercado

Em nota oficial, o Grupo Jaime Câmara nega que esteja à venda e ameaça com medidas judiciais quem anda veiculando “inverdades” sobre as empresas da tradicional família.

Com a velha e habitual soberba e arrogância, o GJC olha de cima para baixo para a concorrência, afirmando que é maior grupo de comunicação do Centro-Oeste  e é líder do mercado há oito décadas.

A nota não disse, mas o G24H lembra que quem publicou reportagem sobre a venda do GJC, que estaria com as finanças aos pandarecos, foi um veículo de credibilidade nacional, o Observatório da Televisão do UOL.

O mesmo veículo, aliás, que apontou a TV Anhanguera como a pior afiliada em audiência da Rede Globo.

Quanto ao mercado local, é bom GJC se mexer: as formigas estão dando banho de competência e agilidade no pachorrento elefante da Serrinha.