OAB agachada e governista: Lúcio Flávio apoia Caiado na adesão de Goiás ao RRF e diz que população deve ter ‘resiliência’ para suportar

Sem esboçar posicionamento crítico, o presidente da OAB-GO Lúcio Flávio apoia sem qualquer restrição a adesão defendida pelo governador Ronaldo Caiado ao Regime de Recuperação Fiscal. Tem mais: na maior cara de pau, diz que a população, quem vai pagar conta da fatura, deve ter “resiliência” para suportar.

Lúcio Flávio, que tem irmão nomeado na equipe de auxiliares Caiado,  faz analogia barata e sem qualquer profundidade sobre o RRF: “O plano de recuperação é um remédio amargo, não há dúvida, mas é indispensável”.

“O Estado de Goiás tem problemas graves com relação à questão fiscal, uma folha de pagamento altíssima que precisa realmente de um choque nas contas públicas e não há outro regime senão o regime de recuperação que está posto na mesa”, afirmou de forma superficial e sem apresentar dados.

E completou: “Eu espero que população tenha resiliência para suportar, mas é indispensável nesse momento esse programa.Tenho certeza que o governador Ronaldo Caiado  tem toda condição de tirar o estado do local em que ele se encontra e, da nossa parte, terá o apoio para todas as medidas”.