Servidores passam dificuldades com contas, alimentação e remédios, mas Caiado não libera o pagamento

Até hoje, nada de Caiado pagar a 4° parcela do escalonamento de dezembro de 2018. Professores e outros servidores de menor escalão estão passando dificuldades alimentícias e com medicamentos de uso contínuo.
O G24H recebe dezenas de mensagens. “Queremos uma resposta de pagamento com dinheiro depositado em nossas contas”, diz uma delas.