Caiado seis meses depois: governador canastrão que não gosta de trabalhar

O governador Ronaldo Caiado assumiu o governo com rompantes de mudança, mas, seis meses depois, revela-se de um amadorismo tremendo e elegeu o Regime de Recuperação Fiscal como a pedra angular do seu plano de governo – que, aliás, nunca existiu como anotou presidente do MDB em Goiás, Daniel Vilela.

O semestre consumido por Caiado foi um festival de inoperância e incompetência: o que se viu em Goiás foi uma gestão perdida e totalmente desconectada com a realidade do Estado.

Como gestor, Caiado se revelou um governador muito aquém da grandeza de Goiás. Um governador que só pensa em transferir a sua responsabilidade para o governo federal.

Com seis meses de governo, este é a imagem de Caiado: um governador canastrão e despreparado que não gostar de trabalhar.