Disputa pela vaga do quinto constitucional da OAB no TJ promete ser quente: Caiado articula com Lúcio Flávio unção de primo, mas surgem outros pretendentes fortes

O governador Ronaldo Caiado manobra com o presidente da OAB-GO, Lúcio Flávio, para nomear o primo Breno Caiado no quinto constitucional dos advogados no corpo de desembargadores do Tribunal de Justiça.

Mas tem outros advogados correndo atrás do prejuízo e tentando virar o jogo: Anderson Máximo, hoje na Casa Civil, Vicente Lopes e Augusto Ventura.

O processo de escolha do quinto constitucional é iniciado por meio da votação dos advogados candidatos a desembargador. Em seguida, forma-se a lista dos seis mais votados, que é encaminhada para o Tribunal de Justiça, que, após apreciação do plenário, reduz a lista para três nomes e envia ao governador do estado para a escolha do novo integrante da corte.