Hipocrisia: Caiado não fez nada para aumentar segurança nas escolas. Agora, lamenta assassinato de professor

O governador Ronaldo Caiado (DEM) teve muito tempo para tomar medidas que aumentassem a segurança nas escolas depois do assassinato de um professor em Valparaíso, em abril, mas não fez nada. Nesta sexta-feira, ele deu declarações hipócritas de condolências a respeito do assassinato do professor Bruno Pires de Oliveira no colégio estadual Machado de Assis, em Águas Lindas. De novo: muito blá blá blá, pouca ação.

Íntegra da declaração de Caiado: “Todo o Estado de Goiás está de luto pela morte do professor Bruno Pires de Oliveira, do Colégio Estadual Machado de Assis, em Águas Lindas. Que nossas orações ajudem a trazer conforto à família do professor e à comunidade escolar”.