Bolsonaro diz que reação da PF a interferência na corporação é ‘babaquice’

Em plena ação para centralizar poderes, Jair Bolsonaro afirmou é necessário arejar o comando da Polícia Federal e chamou de “babaquice” a reação de integrantes da corporação às declarações dele sobre trocas em superintendências e na diretoria-geral.    Em declarações à Folha de S.Paulo na terça-feira (3), Bolsonaro deixou claro que já acertou com o  ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro sobre uma possível mudança na direção da PF, ficando pendente o prazo: “Está tudo acertado com o Moro, ele pode trocar [o diretor-geral, Maurício Valeixo] quando quiser.”