“Estratégia pautada em ataques não vai surtir efeito para Caiado”, diz professor de marketing político

O professor da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO) e da faculdade Senac Marcos Marinho afirma, em entrevista à rádio Sagres 730, que a estratégia do governador Ronaldo Caiado (DEM) pautada em ataques ao ex-governador Marconi Perillo (PSDB) para aumentar sua popularidade e tirar o foco dos seus problemas de gestão não vai funcionar. Veja abaixo um trecho do que ele diz:

“Não vai surtir o mesmo efeito. Caiado sempre foi um político exclusivista, nunca teve muito poder de aglutinação ou confluência de pensamentos. Ele foi eleito governador sem antes uma cristalizar a base de apoio caiadista. Então quando ele começa a utilizar a chave bolsonarista para tentar ter um grupo de apoio consistente sem antes fazer um trabalho de médio e longo prazo, quando ele começar a bater demais no Marconi ele vai atrair muito mais a ira dos marconistas do que a simpatia de possíveis caiadistas. Por isso eu acho que em Goiás esta retórica não vai funcionar. Porque é fato: mesmo com Marconi afastado, há uma base marconista consolidada. Se ele começa a atacar o Marconi e o PSDB sem ter construído esta base de reverberação ao discurso dele, é bem mais provável que o Marconi consiga reativar as suas hordas para contra-atacar em nível discursivo e suplantar o que o governador está falando. A partir do momento em que você ataca o passado, mas não apresenta nada na perspectiva do presente e do futuro, quando a oposição te atacar neste ponto você não vai conseguir nem se defender”. Ouça abaixo a íntegra da entrevista.