Sem prestígio, Sandro Mabel brinca que vai fazer greve de fome para ser ouvido pela CPI dos Incentivos Fiscais

Desmoralizado e sem prestígio por causa da pífia gestão na entidade, o presidente da Fieg, Sandro Mabel, foi solenemente ignorado pela CPI dos Incentivos Fiscais, o que o deixou em parafuso. A coluna Giro relata que o empresário chegou a brincar com o presidente da Assembleia que vai fazer greve de fome para ser ouvido pela comissão. Mas, pelo disposição dos deputados, Sandro se adotar a medida extrema vai acabar morrendo de inanição. A CPI não tem o menor interesse na opinião dele.