EXCLUSIVO: Em pedido de liminar, JBS incluiu presidente da Assembleia como parte para que julgamento fosse para 2ª instância 

Ao requerer à Justiça uma liminar que o livrasse de depor na CPI dos Incentivos Fiscais nesta segunda-feira, o diretor-presidente do grupo JBS, Wesley Batista, incluiu como parte interessada o presidente da Assembleia, Lissauer Vieira, para que o pedido subisse para a 2ª instância, em vez de ser julgado por um juiz qualquer de 1ª instância. Havia interesse da empresa em ter o caso tratado pelo Tribunal de Justiça.