Deputado Adriano do Baldy vai a interventor da UEG pedir que campus de Edeia continue aberto

O deputado federal Adriano do Baldy (PP) foi ao interventor da Universidade Estadual de Goiás (UEG), Rafael Borges, nesta segunda-feira para pedir que campus de Edeia continue aberto. Uma das formas de manter a unidade funcionando seria através de parcerias. 

O interventor explicou ao deputado e ao vice-prefeito a já amplamente noticiada situação financeira da UEG e os motivos que estão levando o governo a desativar pelo menos 18 dos atuais 42 campus. Mas disse que enxerga a proposta apresentada por Adriano do Baldy com bons olhos, e que ela pode servir de modelo para que que outras unidades sejam poupadas do corte. Além de Edeia, outros campus que podem ser desativados no redesenho da UEG são os de Mineiros, Jataí, Itumbiara, Aparecida, Senador Canedo, Trindade, Inhumas, Sanclerlândia, Itaberaí, Jaraguá, Pirenópolis, Silvânia, Luziânia, Crixás, Niquelândia, Minaçu e São Miguel do Araguaia.