Mil estudantes protestam em Silvânia, nesta sexta, contra decisão do governo de fechar colégio Ginário Anchieta

A expectativa é a de que mil estudantes participem, nesta sexta-feira, que um protesto que visa a convencer a secretária estadual de Educação, Fátima Gavioli, a não fechar o colégio Ginásio Anchieta, em Silvânia. O Anchieta tem 94 anos de existência. A Inspetoria São João Bosco, mantenedora da instituição, anunciou no dia 26 de setembro que fecharia o Anchieta ao fim do ano de 2019. O motivo são as alterações no convênio com o Estado de Goiás, propostas pela Seduc.

“Goiás passa por um momento complicado com os convênios, que estão sendo questionados pelo Ministério Público. O governador está tentando reorganizar. Este ano foi feita uma proposta de mudança do convênio, na qual teríamos que arcar com muito mais que já arcamos. Para nós, financeiramente, não seria viável fazer essa parceria. Teríamos de desembolsar além do nosso orçamento e precisaríamos afetar nossos alunos, que são sociais, de baixa renda, e pagam apenas um valor simbólico”, explicou o Padre Carlos.