Otoni, Marina, Pedro Chaves, Jovair e Leandro Vilela votaram contra mais recursos para a Saúde e Educação. Úúúúúúú…

Cinco deputados federais de Goiás votaram a favor da emenda que mantém o corte de 70% no total de recursos dos royalties do petróleo destinados para a Saúde e Educação.

Rubens Otoni (PT), Leandro Vilela (PMDB), Pedro Chaves (PMDB), Marina Sant’Anna (PT) e Jovair Arantes (PTB) votaram a favor de um requerimento proposto pelo líder do PMDB, Eduardo Cunha, que manteria o corte de cerca de 10% no montante nos recursos dos royalties do petróleo destinados para a saúde e educação.

A emenda acabou sendo derrubada.