Vergonha: em vez de se posicionar a favor dos goianos, presidente da OAB-GO olha para o próprio bolso e defende Enel Goiás

Contra tudo e contra todos, o presidente da OAB-GO, Lúcio Flávio, posiciona-se bate de frente com a unanimidade da sociedade goiana e, olhando para o próprio bolso, defende desavergonhadamente a Enel Goiás.

Com argumentos rasos, Lúcio Flávio diz que a encampação da empresa é ilegal. Para ele, o projeto de lei que tramita na Assembleia Legislativa que autoriza a rescisão do contrato da Celg D com Enel é inconstitucional.

Comenta-se nos bastidores da advocacia goiana que escritório do presidente da OAB-GO teria sido contratado pela Enel por R$ 8 milhões.

É por essa e por outras que a OAB em Goiás perdeu a credibilidade e virou balcão de negócios de seus dirigentes.