João de Deus volta a negar à Justiça que abusou sexualmente de mulheres durante atendimentos espirituais

Informa o site G1/Goiás que “João de Deus foi interrogado, nesta segunda-feira (9), no Fórum de Aparecida de Goiânia, em relação a três processos em que ele é acusado de cometer crimes sexuais. Ao ser questionado, negou conhecer as vítimas e disse que nunca cometeu abusos contra pessoas que procuraram atendimento espiritual em Abadiânia, no Entorno do Distrito Federal”.