Alcides Rodrigues é condendo por improbidade administrativa

O MP-GO apurou que, em 2010, o governo do esttado contraiu R$ 1,06 bilhão em dívidas que foram empenhadas e não pagas. Ainda de acordo com a ação, Alcides utilizou aeronaves públicas para fins particulares. Consta ainda que foram deixados restos pagar processados de R$ 709 milhões e não processados de R$ 264 milhões. Por fim, ele deixou de pagar a folha do funcionalismo público em dezembro de 2010.

Na condenação, Alcides teve os direitos políticos suspensos e foi proibido de contratar ou de receber benefícios fiscais pelo poder público por três anos. Além disso, ele deverá pagar uma multa de 90 vezes o valor da remuneração recebida enquanto governador do estado.