Lissauer repassa R$ 10 milhões da Assembleia para governo estadual combater a Covid-19

O presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, deputado Lissauer Vieira, anunciou, na noite desse domingo, 22, que o Poder Legislativo goiano repassará R$ 10 milhões ao Estado. Este dinheiro será destinado à Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) para a compra de equipamentos e materiais hospitalares que vão ajudar a combater os efeitos da Covid-19 em Goiás. A decisão de Lissauer foi tomada depois de consultar, on-line, os outros 40 parlamentares. O recurso é fruto de economia da Casa e seria utilizado na construção da nova sede do Legislativo goiano.
Um acordo feito entre os 41 deputados estaduais da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) para ajudar no combate à crise do novo coronavírus foi anunciado na noite desse domingo, 22, pelo presidente Lissauer Vieira (PSB). O Legislativo goiano vai repassar aos cofres do Estado R$ 10 milhões economizados durante todo o ano de 2019, que seriam usados na construção da nova sede da Alego. O dinheiro será destinado à Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) para aquisição de equipamentos e materiais hospitalares, cestas básicas, e outros itens necessários no enfrentamento à Covid-19 em Goiás

De acordo com o presidente, os deputados foram consultados sobre a iniciativa de forma on-line, e o apoio foi imediato. “Pedi autorização a todos eles para nós podermos ajudar neste momento de dificuldade, neste combate, nesta verdadeira operação de guerra que o Estado está fazendo, e fazendo muito bem, e eles concordaram de pronto. Então a Assembleia Legislativa está repassando esse valor considerável que conseguimos economizar com muito esforço e corte de despesas”, justificou.

Lissauer reforça que apesar de o recurso ser importante para a Alego, a ação é imprescindível para o momento e, felizmente, o Legislativo está podendo contribuir diante das circunstâncias que o País e o mundo todo enfrentam.

O parlamentar explica que a OVG está preparada para receber o dinheiro. “Estamos felizes em poder contribuir. A OVG consegue comprar os equipamentos com mais rapidez, com dispensa de licitação, e estamos fazendo a destinação desse dinheiro para ser investido no combate à pandemia, com a compra de materiais necessários nesse momento”, afirma Lissauer.