Olavo de Carvalho pede saída de Mandetta: “Fora, ministro Punhetta”

O filósofo Olavo de Carvalho pediu em sua página no Facebook a saída do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. “Fora, ministro Punhetta!”, escreveu.

O ministro “é o exemplo típico do que acontece quando um governo escolhe seus altos funcionários por puros ‘critérios técnicos’, sem levar em conta a sua fidelidade ideológica”, afirmou Olavo, que tem uma influência direta no governo de Jair Bolsonaro – tendo indicado ministros como Ernesto Araújo (Relações Exteriores) e Abraham Weintraub (Educação).

“Tudo o que os comunistas mais desejam é que o adversário tente vencê-los fugindo da briga ideológica”, concluiu.

Os ataques ao ministro da Saúde se somam a um movimento no  governo Bolsonaro para forçar a sua renúncia ou demiti-lo mais adiante.