Bruno é flagrado pela polícia em festa clandestina em Caldas Novas

A polícia da cidade de Caldas Novas descobriu uma festa clandestina onde o cantor Bruno, que faz dupla com Marrone, estava bebendo e cantando.

Os policiais foram chamados para acabar com uma festa clandestina que acontecia numa mansão às margens do lago Corumbá, na noite de sábado (27) Ao chegar no local, eles flagraram o cantor Bruno na farra.

Os vizinhos acionaram a polícia para reclamar do som alto. Ao chegar no local, os policiais constataram que estava acontecendo uma festa com direito a um show particular do cantor Bruno.

 

As imagens foram divulgadas pelas redes sociais, deixando claro que havia um palco para apresentações e que se tratava de uma festa de aniversário de um amigo do artista sertanejo.

Aglomerações de pessoas são proibidas pelas autoridades por conta do período de enfrentamento a pandemia do coronavírus. A festa deixou os vizinhos revoltados.

Na cidade de Caldas Novas está em vigor um decreto municipal que proíbe o funcionamento do comércio local. O decreto também proíbe a realização de eventos no município, o que não foi respeitado pelos organizadores do evento.

De acordo com o relato dos policiais, a celebração descumpria o decreto público do município, que proíbe eventos com aglomerações.

De acordo com a PM, aproximadamente 50 pessoas foram flagradas no evento. Dentre os presentes, estavam também as ex-BBBs Ivy Moraes e Anamara, que apareceram juntas numa foto em frente ao palco enquanto Bruno estava se apresentando.

Quanto à participação do artista, o tenente que comando a operação afirmou: “Segundo informações que coletamos, o cantor é amigo do proprietário e por isso estava no local”. (Com informações do Movimento Country)