PF deflagra operação em Goiás para apurar venda de sentenças em processos de recuperação judicial

Operação autorizada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), por meio do Departamento de Polícia Federal e a requerimento do Ministério Público Federal (MPF), foi deflagrada na manhã desta terça-feira (30) em Goiás.

Além dos 17 mandados de busca e apreensão em endereços, públicos e privados, de parte dos investigados, o relator do caso também autorizou a apreensão de aparelhos celulares e as oitivas dos envolvidos. Como os fatos são apurados no âmbito de procedimento sigiloso, os nomes dos investigados não serão divulgados neste momento.

A operação teria como alvo três magistrados goianos, além de empresários e advogados envolvidos em processos de recuperacão judicial.