Vanessa choca Zilu ao depor contra a mãe e ajudar Zezé a ganhar ação

Dois depoimentos foram fundamentais para que Zilu perdesse na Justiça os três processos referentes à divisão de bens entre ela e Zezé Di Camargo. Os próprios filhos depuseram contra a mãe na ação que ela movia contra o ex-marido para anular o acordo que fizeram no momento da partilha (Zilu alega ter sido pressionada a assinar o documento, abrindo mão de alguns patrimônios). Wanessa e o caçula Igor foram testemunhas do pai, deixando a mãe muito surpresa.

O depoimento da filha mais velha foi o que mais chocou Zilu. A cantora teve uma postura que favoreceu o pai durante o depoimento e chegou a desmentir a própria mãe perante a juíza, afirmando que Zilu não foi coagida a assinar a partilha, como alega no processo.

Segundo a defesa de Zilu, a empresária foi pressionada pelo ex-marido e filhos a assinar um documento, ficando apenas com alguns dos muitos patrimônios do sertanejo. O advogado da ex-mulher do cantor alegou no processo que, na época da partilha, três anos após o divórcio, Zezé passou para a ex-mulher a ideia de que estava falido e com dívidas.

Ainda de acordo com a defesa de Zilu, os filhos não só acreditaram como convenceram a mãe a assinar a partilha com a alegação de que, caso contrário, ela teria que assumir as dívidas de parte dos bens deixados, e a família inteira poderia quebrar.

“Ela assinou o documento por pressão dos filhos e do Zezé. Wanessa e Igor são dependentes do pai e não da Zilu. Igor mora com Zezé. A juíza, então, entendeu por bem fundamentar a sentença dela inteira no depoimento da Wanessa e do Igor, ou seja, filhos que são dependentes totalmente do pai. Eles não têm condições de sobreviver sem estar do lado do pai. Eles não podem ir contra o pai. Wanessa, em seu depoimento, criou uma situação que tornou favorável ao pai dela”, afirmou ao EXTRA o advogado de Zilu, Marcelo Saraiva.