“Nossa prioridade é gerar empregos com desenvolvimento social”, diz Vanderlan em reunião com empresários

Reunidos com empresários de diversos segmentos da capital, entre indústria e comércio, o candidato à prefeitura de Goiânia, Vanderlan Cardoso (PSD), e o vice da coligação Goiânia em um Novo Momento, Wilder Morais (PSC), ouviram atentos às demandas do setor para a capital. “Eu gosto da boa política. Atender o cidadão e apresentar bons projetos”.

Assim, o candidato do PSD abriu sua fala para mais de 20 empresários. Com experiência no poder executivo e atualmente no legislativo, como senador, Vanderlan apontou os projetos de sua autoria que trouxeram avanço para diversas regiões do Estado e recebeu elogios dos presentes. “Talvez o mais importante de uma eleição é o que vocês estão fazendo aqui”, disse ele se referindo à disponibilidade dos empresários em conversarem sobre os projetos para colocar Goiânia em um novo momento.

Com representantes de diversos segmentos, Vanderlan apontou que sua gestão vai atuar em todas as regiões da capital. “Temos que trabalhar no social, na tecnologia, no polo da 44. Temos que atuar em todas as regiões”, disse referindo-se aos polos industriais que vai implantar em sua gestão, projeto que vai se espalhar por diversas regiões da cidade, com objetivo de movimentar a economia local e gerar emprego e renda.

“Esse projeto dos polos é uma solução para todas as regiões da cidade, com a geração de emprego e renda. Em regiões como setor Orlando de Morais, por exemplo, podemos avançar muito”, disse o candidato ao referir-se à situação do emprego na capital. “Goiânia virou uma cidade dormitório, nós precisamos mudar isso. Tem muita coisa boa para fazer na nossa capital, e nós vamos fazer”, acrescentou.

Vanderlan destacou ainda o potencial industrial da cidade. “Nós podemos ser a cidade do serviço e do comércio. Mas podemos ser a cidade da indústria também”. Já o trânsito caótico do perímetro urbano da BR-153 foi outro tema discutido na reunião. O candidato afirmou que somente a soma de forças entre o setor público a iniciativa privada pode mudar rapidamente a situação do tráfego na região.

“Para quem transita e mora às margens da rodovia, que já virou uma avenida comum na cidade, considerando-se a expansão urbana que tivemos nos últimos anos, a falta do anel viário é uma vergonha para nós empresários e políticos. Nós temos uma bancada forte e precisamos resolver isso. Juntar empresários, prefeito e vereadores para executar esse projeto”, conclamou Vanderlan Cardoso, ao lado de Wilder que reforçou a fala do companheiro de coligação.