Desgaste: Vanderlan sofre para explicar desistência do Senado após dois anos

Não será fácil para Vanderlan Cardoso explicar o motivo de estar largando o mandato no Senado, após menos de dois anos, para tentar ser prefeito de Goiânia. O empresário foi eleito senador em 2018 com uma votação expressiva, batendo 1,7 milhão de votos. Agora, após virar aliado de Caiado, Vanderlan está disposto a abandonar o mandato para governar a Capital. O rival Maguito Vilela já cutucou e disse que Vanderlan deveria seguir em Brasília e cumprir o mandato de oito anos.

Nas redes sociais, os comentários também pipocam e muitos questionam o pula-pula de Vanderlan; que já foi candidato a governador, já foi candidato a prefeito de Goiânia, foi eleito senador e agora quer ser prefeito de novo.

O empresário também é conhecido por mudar partido quase que anualmente; já foi do PP, do MDB e agora está no PSD.