Homenageado, Iris assegura que o Legislativo goiano foi responsável por sua formação política

A Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) promoveu sessão extraordinária especial em homenagem aos 62 anos de vida pública de Iris Rezende (MDB), que se aposenta no final deste ano. A proposição da homenagem e entrega de Certificado de Reconhecimento Público ao atual prefeito de Goiânia, foi do presidente da Casa de Leis, deputado Lissauer Vieira (PSB). A condecoração é uma forma de agradecer ao homenageado pela sua valorosa contribuição para o progresso de Goiás e, em especial, de Goiânia, e foi realizada no plenário Getulino Artiaga na manhã desta terça-feira, 1º, a apenas 30 dias para o encerramento de seu mandato.

Ao subir ao Plenário para discursar em homenagem ao prefeito de Goiânia, Lissauer Vieira afirmou que o momento é de condecoração de “um homem que construiu uma biografia irretocável, cuja trajetória política é exemplo de retidão moral”, ressaltou.

O presidente do Parlamento abordou a trajetória de vida pessoal e profissional do prefeito de Goiânia e destacou sua satisfação em presidir a homenagem a um político que ele considera referência para o País. “Todos, não só de Goiás, mas do Brasil, se espelham na trajetória política e nos exemplos que o Iris Rezende Machado nos proporcionou ao longo de sua carreira. E nada mais justo que nós, do Poder Legislativo, homenagearmos essa história tão bonita, que nos enche de orgulho”, destacou.

Trajetória política 

Lissauer Vieira lembrou o entusiasmo de Iris Rezende pela política. “Apaixonado pela política, elegeu-se vereador em Goiânia em 1958, com a maior votação proporcional da história da cidade. Começava aí uma longa caminhada que consagraria Iris como um dos ícones políticos mais expressivos não só de Goiás, mas de todo o Brasil”, disse.

O presidente ressaltou o trabalho de Iris como gestor de obras pública. “O jovem gestor se revelava ao país como um ousado tocador de obras: asfaltou os principais bairros de Goiânia, desapropriou lotes, duplicou a avenida Anhanguera, construiu conjuntos habitacionais como vila Redenção, vila União e vila Alvorada, inovou com o Parque Mutirama, entre outras realizações”, citou.

No governo, de acordo com Lissauer, Iris modernizou a administração estadual e realizou obras importantes. “Construiu a vila Mutirão, erguendo mil casas em um único dia. Implantou um grande programa de eletrificação rural e construiu 4 mil quilômetros de rodovias – como a GO-020, de Bela Vista a Pires do Rio, e até Catalão; e a GO-118, interligando as principais cidades do nordeste goiano”.

Lissauer lembrou ainda que, em 1986, Iris assumiu o Ministério da Agricultura no governo José Sarney, quando comandou as chamadas supersafras. “Na época, mesmo em meio a uma grave crise econômica, Iris levou o país a quebrar recordes atrás de recordes de produção de grãos”, enunciou o chefe do Parlamento.