Fecomércio debate com prefeitura sobre decreto da Lei Seca

O presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Goiás (Fecomércio-GO), Marcelo Baiocchi, se reuniu na manhã de hoje (28/1) com o prefeito de Goiânia, Rogério Cruz. O motivo foi discutir o novo decreto de combate à pandemia do coronavírus, divulgado na noite de ontem (27/1), que determina a Lei Seca para bares e restaurantes na capital a partir das 23 horas, e sem data definida para terminar.

Segundo Marcelo Baiocchi, a reunião foi produtiva, já que ficou acordado que na próxima semana, a instituição e a prefeitura avaliarão os resultados do decreto, se houve uma diminuição e um controle dos casos de Covid-19.

O plano diretor também foi uma das pautas do encontro, que para o presidente da Fecomércio-GO, “é fator fundamental para o desenvolvimento da capital nos próximos anos”. A reunião contou com a presença dos secretários de Infraestrutura Urbana, Luiz Bittencourt, de Planejamento Urbano e Habitação, Agenor Mariano, e o secretário municipal do governo, Andrey Azeredo. Também estavam presentes o secretário de Planejamento e Regulação Urbana de Aparecida de Goiânia, Veter Martins, o presidente, o vice-presidente e o superintendente do Secovi Goiás, Ioav Blanche, Antônio Carlos da Costa e Francisco Lopes.