Prática abolida há anos, para evitar fraudes, Governo vai voltar a pagar com cheques… se Caiado for governador

O deputado federal Ronaldo Caiado (DEM) é uma figura que às vezes aparece como meio exótica na política estadual e nacional.

Agora mesmo, durante um recente encontro político em Porangatu, diante de uma plateia de dar dó, Caiado formulou uma “proposta” para o caso de se eleger governador em 2014.

É o seguinte: as empreiteiras e os fornecedores do Governo do Estado vão receber seus pagamentos em cheques, que serão enviados pelo Correio.

A prática está extinta há mais de 15 anos, em todo o Brasil. Pagar com cheques é o caminho mais curto para fraudes, desvios e outros irregularidades. É provável que, caso o democrata ganhe a eleição e implante a medida, imediatamente venha a ser alvo de uma ação do Ministério Público. Afinal, estamos no mundo das transações eletrônicas e os pagamentos do Poder Público, até mesmo no caso de pequenas Prefeituras, são feitos através de ordens de crédito em conta, muito mais fáceis e seguros, permitindo rastreamento completo em caso de suspeitas de desvios.

Pagar contas do Governo com cheque?

Sim, se Caiado se eleger governador.