Samuel Belchior dá entrevista à Rádio 730, mas não fala em Operação Miqueias nem na “chefa” Luciane Hoepers

O deputado estadual e presidente regional do PMDB, Samuel Belchior, deu entrevista à Rádio 730 nesta quinta-feira, mas não falou na Operação Miqueias nem na “pastinha” Luciane Hoepers, com a qual ele foi flagrado pela Polícia Federal em conversas telefônicas prá lá de íntimas.

Depois do escândalo, o deputado se esforça para passar uma imagem de normalidade. Mas o inquérito da Polícia Federal continua e, da mesma forma, ele também continua indiciado pela prática dos crimes de formação de quadrilha e corrupção ativa.

Samuel, na entrevista, conta uma mentira: diz que está liderando conversas com todos os partidos de oposição, para a formação de uma chapa única para enfrentar o projeto de reeleição do governador Marconi Perillo em 2014.

Conversa fiada. Desde a eclosão da Operação Miqueias e a revelação do seu relacionamento com a modelo Luciane Hoepers, a quem chamava de “chefa”, Samuel Belchior praticamente sumiu de circulação. – claro, afetado pela falta de credibilidade para se apresentar como interlocutor em qualquer articulação política que se pretenda séria.

Ele diz na entrevista à 730 que “estamos conversando com os partidos de oposição para formar a maior aliança partidária de Goiás e, se possível, formar apenas uma chapa de oposição”.

Piada. Na verdade, Samuel não está conversando com ninguém.