Vanderlan dá entrevista de 3.150 palavras e, mais uma vez, não apresenta nenhuma proposta para Goiás

Em entrevista de 3.150 palavras ao semanário Tribuna do Planalto, o empresário Vanderlan Cardoso chega até a dizer que “a única coisa que tenho a oferecer é um projeto para Goiás”, mas não explica nem detalha o que é esse projeto nem tampouco fala de alguma proposta ou idéia sua para o Estado.

Grande parte da entrevista de Vanderlan é dedicada à defesa do Governo Alcides Rodrigues – considerado como o pior da história de Goiás. O empresário socialista defende o ex-governador com unhas e dentes e chega até a afirmar que os projetos executados pelo governador Marconi Perillo, principalmente a recuperação das rodovias, foram elaborados e viabilizados por Alcides.

Vanderlan volta a criticar os shows com artistas pagos com recursos públicos, mas esquece-se, mais uma vez, de que ele, quando prefeito de Senador Canedo, foi um dos gestores municipais da época que mais “investiu” em apresentações de artistas sertanejos para a população.

A entrevista foi feita pelos repórteres Eduardo Sartorato, Filemon Pereira, Marcelo Tavares e Murillo Soares – que se limitaram a levantar a bola para Vanderlan chutar para gol. Nem uma única pergunta tem tom crítico ou questiona as contradições e falhas de raciocínio do pré-candidato socialista.