Vexame total: Delegado Waldir foi o maior derrotado da eleição em Goiânia

Delegado Waldir acreditou que poderia vencer a prefeitura de Goiânia falando mal de tudo e todos e rejeitando alianças. Começou em segundo lugar nas pesquisas e subiu no salto.

Apostou num marketing agressivo, mas sem construção ideológica ou conceitual. No fundo, Waldir era apenas um candidato desesperado e falando rápido, pedindo voto no rádio e na TV. Sua tal força na rede social não se transformou em voto.

E teve mais. O candidato passou a processar veículos de imprensa e ganhou a antipatia de jornalistas e analistas. Chegou a notificar sites e jornais exigindo ser chamado de “Delegado Waldir”.

Waldir também duvidava das pesquisas e falava mal de todas. Deu no que deu. Terminou em quarto lugar, só com 10%.