Paulo Garcia: “O PT é uma sigla maculada injustamente no país”. Não é não, prefeito: na verdade, o PT é um partido de ladrões e incompetentes e por isso foi varrido do Brasil

Em uma inacreditável entrevista ao jornalista Jackson Abrão, no site de O Popular, o prefeito Paulo Garcia mostra que continua arrogante e prepotente como sempre foi – motivos que, segundo análise do Jornal Opção, somados a um “sorriso cínico”, contribuíram para a sua rejeição recorde de 79% (Datafolha e Ibope) entre os goianienses.

Paulo Garcia defende o seu partido, o PT, com argumentos sem a mínima base na realidade. Diz que “o PT sofreu um massacre” e que “é uma sigla maculada injustamente no país’.

O que você acha, leitor? Verdade ou mentira?

O PT – e Paulo Garcia sabe muito bem – transformou-se primeiro em um partido de ladrões. Todos os seus dirigentes, nos últimos anos, estão encarcerados ou processados por criminalmente. A sigla saqueou a Petrobrás. Os ministros mais importantes de Lula e Dilma ou estão na cadeia ou já foram denunciados como réus à Justiça, pela corrupção que protagonizaram.

E a incompetência? Dilma mergulhou o Brasil na sua mais profunda crise econômica desde o Descobrimento. Em Goiânia, Paulo Garcia mostrou ser um belo exemplo do modelo petista de desgoverno. Não à toa, apareceu na imprensa nacional como o pior prefeito do país, conforme pesquisas do Datafolha e do Ibope.

Quem pensa o contrário é gente como Paulo Garcia – que não tem a menor importância mais.