Jornal Opção: Daniel Vilela “cometeu equívoco, pelo menos do ponto de vista eleitoral, ao votar para penalizar juízes e promotores” e “queimou o filme “

“Pré-candidato a governador, apontado como o político mais promissor do PMDB, o deputado federal Daniel Vilela cometeu, ao menos do ponto de vista eleitoral, um equívoco político. Na votação das medidas contra a corrupção, o jovem peemedebista alinhou-se aos políticos tradicionais da Câmara dos Deputados e votou a favor daquilo que os mais radicais estão chamando de AI-5 contra o Judiciário e o Ministério Público. Parlamentares conservadores, por causa da Lava Jato, querem penalizar promotores e magistrados”.

É o que afirma o Jornal Opção, em avaliação sobre a má repercussão do voto do peemedebista a favor da emenda do abuso de autoridade, na Câmara dos Deputados.

O semanário registra também o fenômeno da explosão de comentários negativos no perfil de Daniel Vilela no Facebook, após o voto, e lembra que ele, até agora, não respondeu a nenhum dos mais de 2 mil internautas indignados com o seu posicionamento.

[vejatambem artigos=” 58611,58607 “]