Balanço: oposição na Assembleia fecha o ano com um dos piores desempenhos desde 1998, quando se iniciou a Era Marconi em Goiás

A oposição em Goiás está encerrando 2016 com o registro de um dos piores desempenhos desde que o governador Marconi Perillo venceu em 1998 e afastou o PMDB do poder.

Sob a liderança do deputado estadual José Nelto, a bancada de oposição – formada por parlamentares do PMDB, PT e PC do B – foi um verdadeiro fiasco neste ano.

Não gerou fatos, não criou dificuldades para a tramitação de matérias de interesse do governo, não instalou CPIs e, principalmente, não apresentou ideias inteligentes ou qualquer tipo de ideia como alternativas para as políticas públicas em Goiás.

Nem mesmo denúncias, fundamentadas ou não, papel de toda e qualquer oposição em qualquer parte do mundo, foram feitas.

Não é exagero dizer que a oposição, no principal campo de batalha da política em Goiás, que é o plenário da Assembleia, deixou de cumprir o seu papel e falhou com as expectativas do Estado.

[vejatambem artigos=” 57107,52781 “]