Em artigo na Folha de S. Paulo, neste sábado, Caiado insiste no “Fora Temer” e aprofunda críticas dizendo que “o país vive paralisia administrativa”

O senador Ronaldo Caiado, líder do DEM no Senado Federal e teoricamente um dos pilares da base de sustentação congressual do governo federal, insiste neste sábado, em artigo na Folha de S. Paulo, no “Fora Temer”.

Caiado defende a realização de eleições presidenciais, imediatamente, para “propiciar a renovação do ambiente político, por meio da participação direta da sociedade, e tirar o país da paralisia administrativa”.

Com todas as letras, o líder ruralista goiano sugere a renúncia de Temer, ao escrever: “É hora de um gesto maior do presidente, convocando um recall, por meio de uma proposta de emenda à Constituição, antecipando as eleições”.

Na semana passada, em posts no Twitter e declarações a jornalistas no Senado, Caiado já havia assumido a defesa da renúncia de Michel Temer e provocado espanto entre os seus colegas do DEM, que trataram de isolar a sua posição. “É a opinião pessoal dele, o DEM continua na base do presidente Temer”, sentenciou o presidente nacional do partido, Agripino Maia.