Como previsto, aconteceu: presença impertinente de dona Iris no Paço Municipal, dando ordens como se prefeita fosse, acabou virando crise, informa O Popular

O que já se esperava, aconteceu: a presença impertinente de dona Iris Araújo no Paço Municipal, dando ordens como se prefeita fosse, acabou virando crise.

Nesta terça, O Popular publica matéria, com manchete de primeira página, mostrando que “desde que Iris assumiu, Iris de Araújo vem participando ativamente da administração do marido e isso vem provocando uma crise na Prefeitura e no PMDB, o partido do prefeito. Além de visitar os órgãos municipais – visitas registradas em vídeos – Iris tem despachado do Paço Municipal. Na recepção, quem a procura é encaminhado para o 5º andar, onde fica a antessala do gabinete do prefeito. Segundo a secretária, ela não tem uma sala naquele andar, ‘atende na recepção mesmo’, diz apontando os sofás”.

A marcação cerrada de dona Iris sobre as decisões e os movimentos do marido Iris teria um motivo oculto, ainda conforme O Popular: ela é candidata a deputada federal em 2018 e estaria, desde já, montando a sua base de apoio, com sustentação na máquina administrativa da Prefeitura de Goiânia.