Senador diz que Reforma Trabalhista será “mais cruel” que a da Previdência. Daniel Vilela é o presidente da Comissão que vai avaliar mudanças relação entre trabalhador e patrão

O senador Paulo Paim (PT-RS) afirmou em Plenário que a reforma trabalhista pode ser até mais cruel que a da Previdência.

Para ele, com a priorização dos acordos de trabalho em detrimento da lei trabalhista e a adoção do trabalho por hora, será questão de tempo o fim de direitos como o décimo-terceiro salário, horas-extras, um terço de férias e Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

O deputado federal goiano Daniel Vilela (PMDB) é o presidente da Comissão da Reforma Trabalhista e em entrevista ao jornal O Popular já se manifestou totalmente a favor das mudanças que têm tudo para beneficiar os patrões.

[vejatambem artigos=” 60082,2,3… “]