Coluna da Veja diz que saída de Sandro Mabel da assessoria de Temer aliviou o Planalto: “usava um poder que não tinha”, diz a revista

A coluna ‘Radar On-Line’, do site da revista Veja, afirmou na tarde desta terça-feira (14), que a saída do ex-deputado Sandro Mabel (GO) do Palácio do Planalto, onde atuava como assessor especial de Michel Temer, causou alívio “em gente graúda”. De acordo com a nota, Mabel vinha exercendo um poder que nunca teve.

O texto afirma que a saída de Mabel é um reflexo de como repercutiu mal a forma com que ele vinha usando sua caneta de assessor do presidente. “Temer já foi alertado para acompanhar de perto os despachos de Sandro Mabel. O assessor especial do presidente canta a deputados um poder que não tem: o de decidir sobre convênios milionários com prefeituras”.