Vanderlan diz que é importante aprender com próprios erros. É o que ele deveria fazer após tantas derrotas, inclusive

Pródigo em fiascos eleitorais, Vanderlan Cardoso (PSB) deu a dica no Twitter: temos de aprender com os nossos próprios erros. “É o que diferencia um homem ou mulher comum de homem e mulheres de sucesso”.

Ele próprio deveria seguir a receita depois de tantas derrotas nas urnas (já são três consecutivas, duas para governo e uma para prefeitura de Goiânia). A lição mais importante, que Vanderlan já deveria ter aprendido, é: não há espaço para amadorismo em política.

Se seguir o próprio conselho, Vanderlan concluirá que não adianta insistir em participar de eleições com a turma que acompanha desde o começo da carreira, porque são pessoas que acreditam que conquistar o governo de Goiás é o mesmo que vencer uma eleição em Senador Canedo.

Vanderlan quer ultrapassar fronteiras com assessores de mentalidade pequena. Hesita em tomar decisões e sequer ouve profissionais acostumados a grandes disputas. Prefere deixar assuntos importantes na mão da esposa que, apesar de bem intencionada, é incapaz de julgamentos frios e objetivos porque está tão envolvida emocionalmente nos sufrágios quanto ele.

Vanderlan tem razão. É preciso aprender com os próprios erros. Que tal dar o exemplo?