“Ninguém aguenta mais político vir a uma cidade para xingar os outros”, diz Marconi

O governador Marconi Perillo afirmou nesta sexta-feira, em Ouvidor, durante as atividades administrativas do Programa Goiás na Frente, que “ninguém aguenta mais” a conduta de políticos que “vão aos municípios para xingar” os opositores. “Ninguém aguenta mais político vir a uma cidade para xingar os outros. Tem gente que sai lá de Brasília e vem ao interior só para xingar os outros. Mas aí vão perguntar: ‘o que ele já fez pela cidade’? Pode espremer, não tem nada”, disse o governador, sob os aplausos das mais de 2 mil pessoas que participavam da agenda administrativa no município.

Marconi disse que “o Brasil só vai ser um país melhor quando houver tolerância, quando houver respeito”. O governador reafirmou a determinação de prosseguir governando e beneficiando os municípios acima das diferenças partidárias, o que definiu como “obrigação e dever” dos representantes eleitos pela população. Marconi disse que está destinando os recursos dos convênios para contribuir com as administrações municipais, porque as prefeituras foram o setor da administração pública que mais sofreram os efeitos da crise econômica.

“Não venho aqui para xingar ninguém. Venho aqui para trazer as mãos cheias de benefícios. É para isso que serve a política. Para fazer o bem”, afirmou o governador, ao lembrar que definiu em parceria com todos os prefeitos, em audiências individuais, a destinação dos recursos dos convênios do Goiás na Frente. Dos R$ 5 bilhões em recursos estaduais destinados para o programa de obras de infraestrutura social e econômica, R$ 500 milhões foram reservados para os convênios. O Goiás na Frente é composto ainda de outros R$ 4 bilhões em recursos, dos quais R$ 1 bilhão em parceria com a União e R$ 3 bilhões da iniciativa privada.