“Para serem fiéis ao Paço, vereadores exigem nomeação de diretores”, diz jornalista ligado a Iris

A pedido de auxiliares do prefeito Iris Rezende (PMDB), o jornalista Marcus Vinícius de Faria Felipe afirma, em reportagem publicada no Diário da Manhã desta quinta-feira, que para declararem “fidelidade absoluta ao Paço”, vereadores de Goiânia exigem “a nomeação de diretores nos postos de saúde, na administração direta e, principalmente, nos órgãos que cuidam do planejamento, limpeza urbana e obras de infraestrutura (Seplam, Semdus e Comurg)”.

O vereador Jorge Kajuru (PRP) disse, na tribuna da Câmara Municipal, que o texto deixou o poder Legislativo em situação delicada às vésperas da análise do veto do Executivo ao projeto de lei que proíbe aumento de IPTU a taxas maiores do que a inflação: “Pelo que afirma o próprio Iris, quem votar a favor do veto confessará em público que negociou cargos na administração municipal, porque o que diz o Diário da Manhã é que só vota a favor do prefeito quem tem cargos”.

A reportagem afirma que Iris inaugurou uma nova maneira de governar Goiânia, dando as costas para o fisiologismo dos vereadores e que, por este motivo, tem sofrido revezes na votação de projetos importantes na Casa.