Site nacional comenta paralisação de obra do BRT em Goiânia: “É a cabra que colocaram na nossa sala”

Texto publicado no site GBrasil (clique aqui para acessar)

BRT de Goiânia é a cabra que colocaram na nossa sala

É famosa a história da cabra que foi colocada em uma sala onde viviam pessoas insatisfeitas. Reza a fábula que o transtorno causado pelo animal foi tão grande que, quando ele foi embora, as pessoas que lá viviam experimentaram um sentimento libertador de alegria, que as fez esquecer dos problemas que, anteriormente, as havia deixado incomodadas.

Pois nesta imensa sala chamada Goiânia colocaram uma cabra chamada BRT Norte-Sul. O projeto foi concebido para amenizar um pouco a insatisfação dos usuários do transporte coletivo da Capital, que no dia-a-dia são transportados como sardinha em lata.

O problema é que os atrasos na obra, a sujeira que ela causa, o transtorno causado pelas trincheiras e (o pior) as suspeitas de corrupção fizeram o goianiense pensar que talvez seja melhor voltar à vida ordinária de antes, em que as pessoas sofriam com ônibus lotado mas, pelo menos, podiam se iludir com a promessa de que tudo se resolveria quando a obra do BRT começasse.

Nesta semana, o prefeito Iris Rezende (PMDB) começou a “limpar” a obra, num claro sinal de que desistiu extraoficialmente de concluí-la. A princípio, a notícia é péssima, porque milhões e milhões de reais foram jogados no lixo. Mas a incompetência da administração transformou este BRT numa cabra tão indesejada que talvez seja melhor continuarmos assim, com nossos ônibus velhos e terminais superlotados.