Caiado, Nelto e Daniel Vilela vivem atacando o governo do Estado, mas são um túmulo em relação ao desgoverno de Iris em Goiânia

O trio Ronaldo Caiado, José Nelto e Daniel Vilela vive de críticas ao governo, na maior parte ataques vazios ou a respeito de problemas pontuais e pequenos.

Diga-se que exercem o pleno direito de oposição, mas não são honestos com quem os elegeram.

Os três viram túmulos quanto se trata do desgoverno Iris Rezende em Goiânia, com crise na saúde pública municipal, na coleta de lixo, da negativa de data-base aos servidores da Prefeitura e na omissão no trânsito e transporte coletivo da cidade e numa extensa lista de problemas que gastaria muito espaço.

Com este comportamento de fechar os olhos para a situação de colapso e caos da gestão de Iris também dão às costas ao eleitor que mora em Goiânia e está sofrendo horrores nos últimos meses.