AD

Folha de S. Paulo: para Marconi, Alckmin é o 1º na fila do PSDB para 2018

O mais provável próximo presidente do PSDB nacional, governador Marconi Perillo, de Goiás, disse a interlocutores que Geraldo Alckmin é “o primeiro na fila” da candidatura presidencial e que o prefeito João Doria – um “excelente” nome – teria de disputar prévias para obter a vaga. A informação foi publicada nesta sexta-feira pelo jornal Folha de S. Paulo.

Para o goiano, Alckmin se posicionou como pré-candidato com a vitória em primeiro turno de Doria na eleição municipal ao bancar sua candidatura, a despeito das críticas de caciques tucanos.

Marconi, porém, costuma elogiar Doria e prever um futuro promissor a ele na política. Vem ponderando, contudo, que ele tem de avaliar o desgaste de deixar a prefeitura no início do mandato. O governador mostra confiança na permanência de Doria no PSDB caso não veja seu projeto presidencial garantido.

À Folha, Marconi afirmou que “disse quais dois e quero dizer publicamente que não me submeto a essa história de ser candidato  de A, B, C. Jamais aceitaria isso”. “Meu trabalho sempre foi pela unidade do partido e, se me couber esse desafio [de presidir o PSDB], vou trabalhar de corpo de alma para ajudar na construção da vitória e da unidade interna”.