Nova montadora Caoa Chery, que será instalada em Anápolis, deve gerar 5 mil empregos diretos no Estado

Com a Chery, Goiás passa a ter, além da Hyundai, linhas de montagem da John Deere, da Mitsubishi e da Suzuki, as três em Catalão. No encontro com Marconi, o presidente do Grupo Caoa afirmou que investirá cerca de US$ 2 bilhões em Goiás, no município de Anápolis, e na unidade de Jacareí, no interior de São Paulo. “Nós pretendemos investir na instalação da fábrica em Goiás e na ampliação da produção em Jacareí, aproximadamente US$ 2 bilhões, a maior parte na fábrica de Goiás, três vezes maior que a de São Paulo”, afirmou Carlos Alberto de Oliveira Andrade.

A Chery deve gerar de 5 mil a 6 mil empregos diretos no Estado. A montadora que se instalará em Goiás vai atrair novos investimentos e empregos indiretos, porque demandará novas fábricas de peças e de outros fornecedores. O presidente do Grupo Caoa disse que o Brasil tem condições de emplacar, em 2023 ou 2024, seis milhões de veículos. “Nós estamos fazendo de tudo para que o primeiro veículo seja fabricado em julho de 2018”, disse.