Criação de novos cartórios em Goiás pode ficar para ano que vem, diz Vitti

O presidente da Assembleia Legislativa, José Vitti (PSDB), sinaliza que a votação do projeto que regulamenta a criação de novos cartórios no Estado deve ficar para o ano que vem e que não há disposição, por parte dos deputados, de analisar a matéria de forma apressada antes do início do recesso.

“Faremos o possível para apreciar a matéria antes do recesso, mas se não der, ficará para o ano que vem”. A matéria é objeto de um projeto de lei apresentado nesta semana pelo presidente do Tribunal de Justiça de Goiás, desembargador Gilberto Marques Filho.

“Nós teremos aqui um debate intenso, pois se trata de uma matéria que requer audiências públicas e um estudo técnico para que seja apontado aos parlamentares tudo aquilo que foi feito e o motivo de ter sido feito. Debateremos da melhor forma possível. Vamos escolher um relator à altura, que tenha maturidade e serenidade para tomar as melhores decisões”, diz Vitti.