Fim do mundo: Nelto ganha R$ 30 mil por mês e é contra auxílio de R$ 500 para professores, que trabalham todo dia

O deputado peemedebista José Nelto está batendo recordes de loucura; para não dizer outra coisa. Ele agora está revoltado com o anúncio de que o benefício de R$ 500 para os servidores da Seduce foi estendido até o final de 2018.

No site, o radical Goiás Real, Zé Nelto já pediu até que o Ministério Público entre com ação para barrar o auxílio-alimentação dos professores.

Na verdade, o que incomoda Nelto é a dor de cotovelo de Marconi. Como o governador está honrando mais um compromisso com a categoria, Nelto tem que engolir seco.

Agora, o pior de tudo é a canalhice. Porque, como deputado, Zé Nelto, trabalha uns três dias por semana no máximo e embolsa R$ 30 mil, fora os benefícios.

E o professor que trabalha todo dia honestamente não pode ganhar R$ 500 a mais…

Triste!