Vilmar, em 2014: “oportunista é quem sacrifica projeto por interesse pessoal”

Criticado por forçar a adesão do PSD ao grupo do senador Ronaldo Caiado (DEM) contra a vontade dos demais integrantes do partido, o ex-deputado Vilmar Rocha afirmou em 2014 que “oportunista é aquele que sacrifica um projeto em prol de interesses pessoais”. A declaração foi publicada no Diário da Manhã.

“A política moderna se faz com união de forças, agregando e não de forma pessoal. Democracia é saber respeitar a opinião do outro. Democrático é quem não impõe suas ideias, seus projetos pessoais. Ao fazer isso, os autoritários se isolam”, disse.

Vilmar também criticou o senador Ronaldo Caiado (DEM) e o prefeito Iris Rezende (MDB) por se aliarem naquela eleição, já que eles eram inimigos históricos.  “Nossos adversários vão ter de passar por tempo da campanha explicando os motivos dessa aliança, pois é uma coligação de oportunismo e de conveniência político-pessoal”.