Lúcia Vânia admite não disputar a reeleição ao Senado 

Em nota na coluna Giro, na edição desta segunda-feira 28/05) do jornal O Popular, o colunista interino Marcos Nunes Carreiro registra que a senadora Lúcia Vânia (PSB) admitiu pela primeira vez não concorrer à reeleição.

Perguntada sobre um suposto convite ao presidente da Assembleia Legislativa, José Vitti (PSDB), para ser seu suplente na corrida eleitoral, a socialista disse que visitou Vitti, mas não tratou de candidatura, até porque ainda não sabe se será candidata a mais um mandato no Senado.

“Fiz visita de solidariedade a ele (Vitti) e disse que poderia estar na minha suplência ou de Marconi, pois isso tinha sido levantado, mas não fiz convite porque nem sei se serei candidata”, sublinhou.

Embora não aceite disputar com Demóstenes Torres (PTB) a segunda vaga ao Senado ao lado do ex-governador Marconi Perillo na chapa da base aliada , Lúcia Vânia vê com irritação a  movimentação do petebista, que também quer ser candidato a senador.

Desde que recuperou os direitos políticos no Supremo Tribunal Federal, Demóstenes colou no governador José Eliton e cumpre agenda intensa de contatos com deputados, prefeitos e lideranças políticas em Goiânia e no interior do estado.

Ao admitir não ser candidata, a senadora pode também estar passando recado de sua insatisfação face à indefinição da cúpula governista, já que alega ter direito adquirido à candidatura à reeleição.