Caiado promete decreto para unificar salário de PM, o que seria ilegal

Entrevistado na manhã desta segunda-feira, o senador e candidato a governador Ronaldo Caiado (DEM) prometeu assinar decreto nos primeiros dias de mandato, caso seja eleito, para unificar o salário da Polícia Militar. Com uma canetada só, Caiado afirma que vai eliminar a categoria dos policiais de terceira classe.

Não é assim que funciona. Esta mudança não poderia ser feita por decreto. Apenas projeto de lei, que tem de ser aprovado pela Assembleia, ou seja: fake news do senador.